A quem se destina

O projeto atenderá uma população em torno de 1 milhão de pessoas, das quais estima-se que cerca de 150 mil possuem algum tipo ou grau de deficiência. O presente projeto, embora centrado na acessibilidade dos acervos do MIS Campinas, contemplará todo esse universo, uma vez que se prevê a itinerância da exposição elaborada por meio da curadoria participativa com pessoas com deficiência, após o término do projeto, gratuitamente, em escolas, centros comunitários, de assistência social, saúde, pontos de cultura e ONGs da periferia da cidade, onde se concentram as pessoas que não conhecem ou não frequentam o museu.

Participantes de oficina do projeto

Participantes de oficina do projeto